the competence of senescence

Aparte

One of the good things about getting older is that I’m much more diligent about commenting my code. Mostly because I used to think (correctly) that I’d remember everything I was writing, whereas nowadays I assume (correctly) I won’t keep any memories of anything I’m doing as soon as I’m finished doing it, so rereading uncommented code from more than two days ago is a puzzling Memento-like experience of trying to put together clues my past self left me with no idea of how I got to the present situation.

my future

Aparte

If I got tattoos, I would get a swallow on one side of my body and a capybara on the other. Lightness and weight. Grace and clumsiness. Motion and stasis. Air and ground (and water). Feather and fur. Swallow and capybara: the duality of being-in-the-world, the embodied yin/yang.

Protegido:

Aparte

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

Posted on by | Insira a sua palavra-passe para ver os comentários.

dúvida

Aparte

Se uma pessoa, homem ou mulher, estiver deprimida, mas arranjar um amante sul-americano intenso e viril, e o sexo com esse amante for tão incrível e prazenteiro que a pessoa deixe de estar deprimida e volte ao normal, pode dizer-se que essa pessoa melhorou paulatinamente?

empty spaces

Aparte

we woke up one morning and fell a little further down

Desde la Dehesa de la Villa, en las mañanas laborables, el ruido lejano de la A6 se parece un poco al del mar. Ayúdame a huir de este simulacro. Ven conmigo a la sierra y entiérrame bajo la nieve con benzos y mdma y una botella de Laphroaig. Puedes venir a por mí después del deshielo; te dejaré la piel de mi espalda para que hagas grabados de la vista de tu balcón.

correr, olhar

Aparte

ver

Estar contigo é ver muito mais. O que é fácil de ver; o que está escondido; o que requer atenção, paciência, interesse; o que só tu vês porque só tu queres olhar; o que só tu vês porque só tu sabes como olhar. Aquilo (que é tanto!) de que sabes mais do que o que se vê, e em que por isso vês mais; aquilo em que sentes para lá do que se vê, e em que por isso ver te traz mais.

 

dar

És dando. Dás constantemente: a tua presença; carinho e elogios; objetos, ideias, factos. Conhecer-te é ser sujeito a uma dádiva incessante: dás o que fazes, o que sabes, o que sentes, e em todos os casos fazes mais para poderes dar mais: é dando que és, e, de algum jeito, consegues ser tanto mais quanto dás, mesmo já sendo tanto.

resumo de uma vida

Aparte

resumo de uma vida

fiz rir algumas pessoas, algumas vezes,
fiz vir algumas pessoas, algumas vezes,
(ocasionalmente as mesmas)
(as pessoas, não as vezes),
e acho que mais nada.

ah! mostrei o miradouro do monte agudo uma vez a uma pessoa que gostou muito dele,
e outras vezes a outras pessoas que não manifestaram particular reação.

🤷‍♂️.